O primeiro iPod touch foi lançado em Setembro de 2007. Foi o primeiro dispositivo da linha de MP3 players da Apple, aliás, a fornecer acesso à à iTunes Store.

O tempo passou, Steve Jobs se foi, e atualmente, o único modelo de MP3 player comercializado pela empresa da maçã é o iPod touch, o qual se encontra atualmente em sua sétima geração. A empresa não lançava um dispositivo do tipo, vale lembrar, desde 2015.

Mas será que vale a pena adquirir um desses pequenos aparelhinhos em pleno ano de 2019? Vamos descobrir juntos.

O iPod touch de sétima geração

O novo iPod touch é o único da linha atualmente comercializado pela Apple, como dito acima. Trata-se, na verdade, de um player de música com “algo a mais”. Com diversos “algo a mais”, na verdade.

Lançado no Brasil em Agosto de 2019, o pequeno device conta com Tela Retina multi-touch de 4 polegadas, além do processador A10 Fusion, o mesmo do iPhone 7. O aparelho vem com o iOS 12 pré-instalado de fábrica, mas assim que você o retira da caixa e o liga, é possível atualizar para a última versão do sistema operacional, a versão 13.

Temos aqui um equipamento pequeno, extremamente portátil, e que se parece bastante com um iPhone. Na verdade, a única coisa que falta no iPod touch para que ele se transforme em um iPhone (algo impossível, é claro), são justamente as funções de um telefone.

iPod touch de sétima geração

De resto, tudo é possível. O aparelho conta com Wi-Fi, Bluetooth, navegador web (Safari), câmeras frontal e traseira, aplicativos de alarme, cronômetro, timer, etc.

Além disso, o iPod touch de sétima geração vem de fábrica com outros aplicativos pré-instalados, como por exemplo GarageBand, Apple TV+, Previsão do Tempo, Mapas, Lembretes, Notas, Podcasts, Gravador de Áudio, Calculadora, Keynote, Numbers, Pages, iMovie, etc.

Ah, sim, o aparelho também conta com a assistente de voz Siri: você pode utilizar comandos de voz para pedir músicas, para abrir aplicativos, etc. É bastante prático, embora nem sempre seja a solução mais rápida e/ou ideal.

Os fones de ouvido Apple EarPods também acompanham o produto, vale destacar.

Detalhes técnicos do iPod touch de 7a geração

O pequenino dispositivo iOS se parece mesmo com um iPhone, como já dito acima. Na verdade, ele possui quase todas as funções deste último, exceto a capacidade de fazer e receber ligações.

Temos um dispositivo que, mesmo após a atualização para o iOS 13, não perde nada em velocidade e fluidez. Você conseguirá desfrutar de todos os seus recursos plenamente, mesmo após tal atualização: fique tranquilo.

O iPod touch de 7a geração conta com duas câmeras, ambas, aliás, de qualidade bastante inferior, principalmente se considerarmos o alto nível de qualidade das câmeras que geralmente vêm equipadas nos smartphones mais atuais, como o recente Xiaomi Mi 9 T Pro, por exemplo. Mas “tudo bem”, não estamos falando a respeito de um celular.

Temos, infelizmente, apenas uma câmera traseira de parcos 8 megapixels f/2,4, e uma câmera frontal de ridículos 1,2 megapixels f/2,2. Vale ressaltar que tal câmera pode ser utilizada em conjunto com o aplicativo de comunicação FaceTime, incluso no aparelho.

iPod touch de sétima geração

Também é possível gravar vídeos com o equipamento, com resoluções de até 1080p, a 30 quadros por segundo (através da câmera traseira, a frontal grava em 720p); isto sem falar que a câmera traseira do iPod possui flash.

A câmera também conta com estabilização automática de imagem, além de HDR. Vale também destacar o zoom de 3x, vídeos em time lapse, etc.

A tela do “novo” iPod touch conta com resolução de 1136 x 640 pixels e densidade de pixels de 326 ppp (pixels por polegada). Pesando apenas 88 gramas, o MP3 player é extremamente fino (6,1 mm). Suas dimensões completas são: 123,4 mm (comprimento) x 58,6 mm (largura) x 6,1 mm (espessura).

Com um tamanho tão diminuto, muitos podem pensar que o aparelho é frágil, o que não é verdade: apesar de tudo, o iPod touch de sétima geração é todo construído em metal (parte traseira) e vidro (parte frontal), e passa uma incrível impressão de robustez quando o pegamos na mão. Além disso, sua Tela Retina conta com proteção contra impressões digitais e oleosidade, e o equipamento possui 2GB de memória RAM.

iPod touch de sétima geraçãoDesempenho

O iPod touch responde de forma extremamente rápida a todos os comandos. Navegar pela biblioteca de músicas do dispositivo é simples e intuitivo, além de contarmos com enorme fluidez.

Todos os aplicativos rodam “macio”, e até mesmo jogos pesados, como por exemplo PUBG mobile e Shinsekai Into the Depths, foram executados sem maiores problemas, a não ser a tela diminuta.

No quesito “desempenho”, o dispositivo não deixa a desejar, pelo menos dentro daquilo a que ele se propõe. Aliás, vale pontuar que, segundo a própria Apple, o chip A10 Fusion com o qual o dispositivo é equipado entrega cerca de 56% da performance do A12 (o chip que equipa o iPhone XR).

O som do dispositivo, além disso, é limpo e claro, dependendo, obviamente, dos formatos de arquivo utilizados. Em meus testes, com arquivos no formato FLAC, pude constatar que o equipamento, em conjunto com os EarPods da Apple, entrega um som de altíssima qualidade, bastante diferente dos MP3 players genéricos e/ou “xing-ling” que encontramos por aí.

Me surpreendi bastante com a qualidade dos graves e também dos agudos, enquanto ouvia a trilha sonora de Frozen Synapse 2 (jogo de estratégia), por exemplo. O mesmo aconteceu ao ouvir a 5ª Sinfonia de Beethoven, principalmente durante o primeiro movimento.

Vale ressaltar também que é perfeitamente possível a instalação de apps dos serviços de streaming de música mais famosos, como por exemplo Spotify e Deezer. Isto sem falar que o dispositivo suporta apps e jogos em realidade aumentada.

Autonomia da bateria

É dito pela própria Apple que o novo iPod possui uma autonomia de bateria de até 40 horas. Obviamente, isto se refere apenas ao uso do aparelho para ouvir músicas.

Caso você o utilize para outras tarefas, como por exemplo games, muito provavelmente perceberá que a bateria se esvairá bem mais rapidamente, principalmente se você jogar games pesados.

Conexões e formatos de arquivos suportados

O iPod touch de sétima geração conta com os seguintes tipos de conexão:

  • Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac;
  • Bluetooth 4.1;

Obs: o aparelho também conta com GPS, e é até mesmo possível utilizar o serviço “Buscar iPhone”, através do iCloud, para localizar o iPod em caso de perda ou roubo.

O novo iPod touch, além disso, aceita os seguintes formatos de arquivo (áudio e vídeo):

  • MP3;
  • FLAC;
  • AAC-LC;
  • HE-AAC;
  • HE-AAC (v2);
  • AAC Protegido;
  • PCM Linear;
  • Apple Lossless;
  • Dolby Digital (AC-3);
  • Dolby Digital Plus (E-AC-3);
  • Audible (formatos 2, 3, 4, Audible Enhanced Audio, AAX e AAX+);
  • HEVC;
  • H.264;
  • MPEG-4 Part 2;
  • Motion JPEG;

Também é possível espelhar conteúdo do dispositivo na Apple TV, por exemplo (à partir da segunda geração desta última), vale destacar.

Preços e versões do iPod touch de 7a geração

O iPod touch de 7a geração está disponível em 3 versões: 32GB, 128GB e 256GB, custando US$ 199,00, US$ 299,00 e US$ 399,00. Isto lá fora, no site global da Apple.

No Brasil, os preços são extremamente salgados: a edição de 32GB custa R$ 1.699,00, a de 128GB custa R$ 2.499,00 e a de 256GB custa elevadíssimos R$ 3.299,00. Incrivelmente caro, não?

O dispositivo está disponível em 6 cores diferentes: rosa, cinza-espacial, prateado, dourado, azul e vermelho. Vale a pena ressaltar que a versão utilizada neste review foi a azul de 32GB.

Vale a pena comprar um iPod touch de 7a geração?

Esta é a pergunta que você deve estar se fazendo neste momento: vale a pena? A resposta é: depende. Particularmente, penso que esta é a última versão do iPod touch a ser lançada pela Apple. Verdadeiramente, não faz mais sentido lançar novos iPods de agora em diante.

Além disso, na página do Apple Arcade, por exemplo, são mencionados apenas os seguintes dispositivos, apesar do iPod touch ser perfeitamente compatível com o serviço (eu mesmo estou realizando o teste gratuito de 30 dias através do “MP3 player”): iPhone, iPad, Mac e Apple TV. Ou seja, parece que a própria Apple o está “jogando para escanteio”.

O grande problema do iPod touch de sétima geração, pelo menos no Brasil, é seu preço. A versão mais barata custa R$ 1.699,00, valor com o qual você é capaz de adquirir um smartphone razoável e nele também ouvir suas músicas prediletas.

Além disso, não faz muito sentido você sair por aí com um iPod touch e um celular no bolso, pois isto seria de uma redundância sem tamanho. Daí você pode me perguntar novamente: “- Mas e aí, vale a pena comprar um iPod touch de sétima geração em 2019?”.

E mais uma vez eu te responderei com um “depende”. Se o preço não for um problema para você, pode de repente ser interessante contar com  um dispositivo iOS, caso você não possua um.

Vale lembrar que estamos aqui falando a respeito do dispositivo iOS mais barato que existe, o qual conta com quase todas as funções de um iPhone (só não faz nem recebe ligações).

Existem MP3 players “dedicados” e até mesmo de marcas boas por aí, como Philips e Sony, por exemplo. Aparelhos que servem para ouvir música de forma conveniente (além de serem muito mais baratos).

E aí surge novamente a questão: mas e o smartphone? Como sabemos, qualquer smartphone hoje em dia é plenamente capaz de executar arquivos de áudio/músicas sem qualquer problemas. Portanto, onde estaria a vantagem do novo iPod touch?

Talvez no fato de ser um dispositivo iOS (lembre-se: sempre existem as exclusividades no que diz respeito aos sistemas operacionais), talvez no fato de servir para muitas coisas mais, além de simplesmente ouvir música, e talvez no fato de ser o dispositivo mais barato através do qual podemos usufruir do Apple Arcade.

O Apple Arcade, como sabemos, é o serviço de assinatura de games da Apple, o qual oferece no momento mais de 100 games diferentes. Por tudo isso, o usuário paga apenas R$ 9,90 mensais. Uma verdadeira barganha, não? E ainda é possível testá-lo gratuitamente durante 30 dias!

Com todos estes prós e contras que eu citei acima, fica difícil dizer se vale a pena ou não adquirir o “tocador de música da Apple” em pleno ano de 2019.

Talvez o ideal seja você ler este artigo com cuidado, prestando atenção em todos os pontos positivos e negativos que citei, e aí então tomar sua própria decisão.

Uma coisa é certa: o iPod touch de 7a geração é um produto de qualidade.