Faltava uma análise do novo Kindle de 10ª geração da Amazon aqui no MarcosTadeu.com. Faltava, realmente, uma análise deste ótimo leitor de eBooks lançado no Brasil em Abril de 2019.

Confesso que ele me surpreendeu bastante em relação ao modelo que eu usava anteriormente, o Kindle de 7a geração.

O novo Kindle de 10ª geração

Trata-se, vale ressaltar, do modelo mais barato da linha Kindle. Do modelo mais simples, digamos. Mas trata-se também de um dispositivo capaz de carregar centenas (ou milhares, de acordo com a Amazon) de livros, e permitir a respectiva leitura em praticamente qualquer lugar.

Novo Kindle de 10ª geração

E a primeira coisa a ser destacada no novo Kindle de 10ª geração é a iluminação LED embutida, antes presente apenas nos modelos mais avançados e mais caros da linha.

Tal iluminação, aliás, pode ser ajustada, em relação ao seu nível de intensidade, com as devidas reduções, obviamente, na autonomia da bateria do aparelho (caso você aumente demais o brilho).

Mas não se preocupe tanto, a bateria do Kindle deve durar semanas, segundo a fabricante (considerando-se uma utilização diária de “meia hora com o Wi-Fi desligado e iluminação no nível 13“).

Obviamente, a bateria durará bem menos do que isso se você for um leitor compulsivo, como eu. Neste caso, prepare-se para recarregar seu Kindle em intervalos de tempo bem menores: mas isto não elimina a alta qualidade e o valor intrínseco do aparelho.

O novo leitor de eBooks mais em conta, e mais simples, da Amazon, além disso (lembre-se, ainda existem os modelos Paperwhite e Oasis), conta com tela e-Ink Pearl de 6 polegadas e resolução de 800×600 pixels (167 pixels por polegada).

Telas e-Ink

Vale aqui também comentar um pouco a respeito das telas e-Ink. Trata-se de uma tecnologia através da qual você tem em mãos, em frente a seus olhos, algo que se parece bastante com papel.

Tais telas também são conhecidas como “papel eletrônico”, e estão presentes em todos os Kindles, inclusive no Kindle 10ª geração objeto desta análise.

É bastante confortável ler em uma tela assim. Ela não cansa os olhos, algo que acontece com bastante frequência em tablets e dispositivos semelhantes, por exemplo, equipados com telas LCD ou LED, por exemplo.

Tais telas também são um dos motivos pelos quais a duração da bateria dos dispositivos com elas equipadas é tão alta.

Detalhes do novo de Kindle 10ª geração

Novo Kindle de 10ª geraçãoO novo Kindle de 10ª geração da Amazon é um leitor de  eBooks sensacional. Ele custa normalmente R$ 349,00, porém, a Amazon está com uma promoção muito bacana no ar, através da qual ele está saindo por R$299,00 (corra antes que acabe!).

Eu diria que não é preciso mais do que ele para ler “livros eletrônicos”. Eu deixaria de lado, por exemplo, eBook readers com maiores resoluções ou recursos como “resistência à água”, por exemplo.

Eu ficaria com o modelo mais básico da gigante varejista, até mesmo porque, adquirindo-o, você também conta com um catálogo imenso, repleto de livros.

São milhares e milhares de livros eletrônicos à sua disposição, sendo que os preços, na grande maioria das vezes, são mais baixos do que aqueles praticados nas versões físicas.

Adquirir um livro para o Kindle, aliás, é bastante simples: a compra pode ser feita tanto através do site da Amazon quanto através do dispositivo (ele possui Wi-Fi), e a entrega acontece em poucos segundos (download).

Cada livro ocupa, geralmente, poucos KBs, e vale lembrar que o Kindle de 10ª geração possui cerca de 3GB de armazenamento interno livres para uso (acredite, cabe muita coisa).

O novo Kindle também conta com recursos já conhecidos pelos familiarizados com este tipo de dispositivo, como por exemplo dicionário integrado, marcação de texto, destaques, anotações, etc.

A iluminação do dispositivo, aliás, conta com 4 LEDs, o que proporciona uma experiência de leitura extremamente satisfatória e confortável.

A Amazon também afirmou que o novo leitor de eBooks conta com melhorias no que diz respeito ao contraste da tela, sem falar que ela é sensível ao toque e equipada com sensor capacitivo, o que evita deslizamentos ou toques acidentais.

Avançar ou retroceder páginas no Kindle é bastante simples: basta tocar levemente nas laterais esquerda ou direita. E para acessar os menus, incluindo o de configuração do dispositivo, basta um leve toque na área superior da página.

Novo Kindle de 10ª geração

O corpo do novo Kindle de 10ª geração é todo em plástico, com laterais arredondadas. Suas dimensões são as seguintes: 160 x 113 x 8.7 mm. O dispositivo, por falar nisso, pesa apenas 161 gramas.

A tela, vale lembrar, é antirreflexiva. Você pode ler sob o sol, por exemplo, sem prejuízo algum: tudo permanecerá perfeitamente claro e legível.

Além disso tudo, o dispositivo pode ser tranquilamente segurado com apenas uma mão, dado seu pequeno tamanho, e também pode ser tranquilamente transportado em bolsas e mochilas sem ocupar muito espaço (confira as dimensões, acima).

A tela inicial do dispositivo fornece acesso aos livros baixados e também a recomendações com base naquilo que você lê/compra, e também é possível alterar a fonte do leitor de eBooks, bem como o seu tamanho.

E não se preocupe: o Kindle sempre se lembra do ponto em que você parou na última sessão de leitura – ao ligar o aparelho posteriormente, você iniciará a leitura à partir daquele mesmo ponto, daquela mesma página. Sem problemas, valendo também lembrar que isto tudo pode ser sincronizado com o aplicativo Kindle para tablets e smartphones (Android e iOS).

Também é possível, no novo Kindle de 10ª geração, salvar todas as suas configurações de leitura como um tema, de forma tal a tê-las sempre à disposição, para posteriores restaurações, caso alguém mais utilize o dispositivo e altere fontes, tamanhos, etc.

Não espere, obviamente, por gráficos, capas e imagens com alta resolução, no equipamento. Vale lembrar, além de tudo, que tudo é em preto e branco (na verdade, em escala com 16 níveis de cinza), portanto, inclusive as capas dos livros serão assim exibidas.

O Kindle de 10ª geração possui uma resolução inferior quando comparado aos modelos mais avançados, os quais custam, respectivamente, R$ 499,00 e R$ 1.149,00 (Paperwhite e novo Oasis, respectivamente).

Novo Kindle de 10ª geração

Porém, no momento da leitura, você não perceberá nenhum problema: tudo é perfeitamente legível, claro, nítido, e com a iluminação embutida, então, nem se fala – o leitor de eBooks da Amazon é um verdadeiro espetáculo, mesmo sendo um modelo de entrada, digamos.

Envio de arquivos

O Kindle também é capaz de receber arquivos através de email. Cada usuário de um Kindle registrado possui um endereço de email individual.

Tal email permanece atrelado ao dispositivo em questão. Ou seja, se você enviar um email para o endereço do seu Kindle, o arquivo em anexo será baixado no mesmo (assim que você ativar o Wi-Fi do dispositivo), e você poderá lê-lo à partir daí.

O leitor suporta os seguintes formatos de arquivo: MOBI (sem proteção), AZW, AZW3, HTML, PRC, DOC, DOCX, JPG, GIF, BMP e AAX.

Finalizando

Se você ainda não possui um leitor de eBooks, ou eBook reader, e deseja um dispositivo barato, cheio de recursos, com boa resolução de tela e fácil de manusear, compre o Kindle sem medo.

O novo Kindle, aliás, possui o tamanho certo para proporcionar bons momentos de leitura com enorme comodidade, valendo a pena mais uma vez lembrar da iluminação embutida, a qual pode também ser totalmente desativada, além de ser extremamente útil.