Funciona sempre assim: você contrata um plano de acesso à internet e percebe que a mesma está oscilando. Ou, então, percebe uma certa lentidão durante a navegação. Percebe, também, que os downloads estão mais lentos, e assim por diante.

Ocorre que diferentes provedores de acesso à internet contam com diferentes cláusulas em seus contratos, já meio que se protegendo de eventuais ocorrências do tipo, garantindo quase sempre velocidades mínimas, um tanto quanto abaixo daquilo que você assinou.

De qualquer forma, é sempre muito bom saber como está sua internet. Quais são suas velocidades de download (para baixar arquivos) e de upload (para subir/enviar arquivos – via FTP, por exemplo).

Medindo a velocidade de sua internet

Para isto, existem diversos serviços/ferramentas online disponíveis na própria internet, todos eles gratuitos. Neste artigo, dei preferência a serviços que contam com servidores no território nacional, para resultados mais precisos.

Tais testes, muitos dos quais são apresentados ao usuário no formato de velocímetros, geralmente medem o ping, o qual tem a ver com a latência, a velocidade de download e a velocidade de upload.

Velocímetro

É importante também lembrar que antes de realizar qualquer um dos testes abaixo, você precisa realizar alguns procedimentos em sua máquina.

De preferência, feche todos os programas e/ou serviços em funcionamento, principalmente aqueles que se comunicam, de alguma forma, com a internet.

Conecte seu computador diretamente ao modem (no Wi-Fi sempre existem “perdas”, dependendo do caso), e interrompa qualquer download em andamento.

Agora vamos aos medidores de velocidade de internet:

1) Speedtest.net

O Speedtest.net é, talvez, um dos mais conhecidos e rápidos do mundo. Há também um aplicativo próprio do serviço, disponível para dispositivos iOS e Android.

O serviço mede a velocidade de download da sua conexão com a internet, a velocidade de upload, e também o ping. Ele também possibilita que o usuário dê uma nota (em estrelas) ao seu ISP (Internet Service Provider), e armazena os últimos resultados, para que você possa compará-los (requer a criação de uma conta gratuita).

2) Fast.com

O Fast.com é um serviço desenvolvido pela gigante do streaming, a Netflix. Trata-se de um serviço bastante direto, que fornece rapidamente a velocidade de download.

Internet

Prático e sucinto, o Fast.com permite que qualquer pessoa descubra dentro de pouquíssimos segundos qual é a real velocidade de sua internet.

Sem firulas, sem informações adicionais, sem dados que possam confundir o usuário. Bastante adequado para usuários com pouca experiência e/ou leigos no assunto.

3) Brasil Banda Larga

O Brasil Banda Larga foi criado pela EAQ (Entidade Aferidora da Qualidade) da ANATEL. Trata-se de um teste bastante completo, o qual informa valores de download e de upload, além do “jitter”, o qual tem a ver com a variação na entrega dos pacotes de dados.

O Brasil Banda Larga é também uma ótima opção, além de ser bem rápido, sendo inclusive uma das ferramentas online utilizadas pelos técnicos das operadoras brasileiras quando o usuário entra em contato reclamando de lentidões e/ou problemas diversos relacionados com sua conexão com a internet.

4) Speed.io

O Speed.io é outra ferramenta de teste de velocidade de internet em formato de velocímetro. Contando também com servidores no Brasil, o Speed.io é capaz de determinar com rapidez suas velocidades de download e de upload, além do jitter.

Ele também informa qual é o seu provedor de acesso, além do seu endereço IP (de maneira similar ao Speedtest.net).

Web

5) Nperf

O Nperf também conta com servidores no Brasil, oferece ao usuário a oportunidade de averiguar a velocidade de sua internet (download e upload) e também exibe o endereço IP e o provedor de acesso em questão.

Além disso, ele permite o compartilhamento dos resultados no Twitter e no Facebook, além de possibilitar que você compare seus resultados, mediante a criação de uma conta gratuita junto ao serviço.

Finalizando

Através das ferramentas online acima descritas, você poderá rapidamente conferir a velocidade de sua internet, e até mesmo ter em mãos dados suficientes para “brigar” com sua operadora, caso os valores exibidos pelos testes estejam muito abaixo daquilo que você contratou.

Espero que você tenha gostado, e se tiver qualquer dúvida e/ou comentário, sinta-se em casa!