Muitas vezes você precisa criar um pendrive bootável, ou inicializável, para a instalação de algum sistema operacional. Pode ser alguma distribuição Linux, por exemplo, ou até mesmo o Windows 10 (e neste artigo apresentarei a você o Balena Etcher: mas vamos por partes).

Você pode até mesmo precisar de um pendrive bootável para apenas testar uma distro Linux, quem sabe. E tudo isto se dá através de imagens ISO, as quais devem ser gravadas de uma maneira bastante especial em um pendrive, em um CD ou em um DVD, por exemplo.

Pendrive

Atualmente, o dispositivo mais prático e largamente utilizado para armazenar e dar boot em um sistema da forma supracitada é o pendrive, mas você pode também utilizar um DVD, por exemplo, desde que seu computador ou notebook ainda possua um leitor/gravador correspondente, ou até mesmo um cartão de memória.

De qualquer forma, vale lembrar que não basta apenas copiar e colar a imagem ISO na mídia sendo utilizada. É preciso contar com uma mídia que seja inicializável, ou bootável, digamos.

A transformação de um pendrive comum em um pendrive bootável pode ser feita, através de comandos, também através do terminal. Mas por que complicar, não é?

O Balena Etcher

O Balena Etcher é um software totalmente gratuito para a gravação de imagens no formato ISO. Na verdade, trata-se de um software opensource, ou seja, de um programa de código aberto.

Com ele, você apenas baixa a imagem desejada (por exemplo, do Ubuntu, do Windows 10, do Deepin Linux, do Elementary OS, etc) para seu computador e então grava a mesma no pendrive, através de 3 simples e práticos passos.

Balena Etcher

Existem versões do Etcher para Windows, para MacOS e para Linux. O aplicativo é fantástico, e muito mais amigável do que o também famoso e amplamente utilizado Rufus.

O Etcher valida a imagem, após a criação da mídia bootável, para se certificar de que não existam erros que porventura possam impedir o usuário de instalar ou testar o OS em questão, aliás.

Além disso, no aplicativo opensource a seleção de opções e da unidade a ser gravada se dá através de um processo bastante óbvio, digamos: o programa faz de tudo para evitar, por exemplo, que o usuário acabe gravando em locais errados e assim, quem sabe, apagando dados indevidamente.

Baixando

Para baixar o Etcher, utilize o botão abaixo e selecione a versão desejada:

Clique para baixar o Etcher

Gravando a imagem ISO em um pendrive bootável

1) Primeiro de tudo, plugue um pendrive com espaço suficiente em uma porta USB em seu computador e abra o Etcher. Você será apresentado à tela abaixo:

Balena Etcher

2) Repare, na imagem acima, que são necessários apenas 3 passos/procedimentos para a gravação do pendrive ou de qualquer outro tipo de mídia inicializável:

a) Flash from file, para selecionar a imagem ISO previamente baixada em seu computador (ou Flash from URL – aqui é necessário indicar o link da imagem ISO, para que o Etcher então a baixe automaticamente, dando posteriormente sequência ao restante dos procedimentos);

b) Select target: ou seja, agora você vai selecionar o destino da gravação. No caso, o pendrive, cartão de memória, DVD, ou qualquer outro tipo de mídia desejado/permitido;

Balena Etcher

c) Flash: agora, o Etcher iniciará a criação da mídia bootável, e basta que você aguarde o processo de gravação e verificação, o qual dependerá, obviamente, do tamanho da imagem ISO.

Balena Etcher

3) Pronto, seu pendrive bootável (ou qualquer outro tipo de mídia que você porventura tenha utilizado) está pronto. Basta agora configurar o computador para dar boot pelo pendrive, digamos, e seguir adiante com as instruções exibidas em tela.

Balena Etcher

Simples, não? O Etcher é extremamente amigável e simples de ser utilizado, além de ser gratuito.

Até a próxima!