O Coronavírus continua entre nós. Infelizmente. Esta é uma triste realidade. Porém, muitas empresas têm se movimentado em prol do bem comum, e a Affinity é uma delas.

A empresa está oferecendo gratuitamente sua suíte de softwares gráficos por um período de 90 dias. No pacote estão inclusos o Affinity Designer, o Affinity Photo e o Affinity Publisher.

Trata-se de aplicativos desenvolvidos com muito esmero e cuidado, capazes de proporcionar a designers, webdesigners, fotógrafos e profissionais de áreas semelhantes tudo aquilo que eles precisam para trabalhar.

Em tempos de isolamento social devido à Covid-19, aliás, é mais do que interessante (e valiosa) a oferta da empresa.

Muitos profissionais ficaram sem renda de uma hora para outra, por exemplo. Sem clientes. Muita gente se viu pega de surpresa em meio a esta pandemia maluca.

Affinity

Adquira com 50% de desconto

Vale também lembrar que, findo o período de 90 (noventa) dias gratuitos dos aplicativos gráficos da Affinity, os usuários que assim desejarem poderão optar por adquiri-los com 50% de desconto.

Sendo assim, cada um deles sai por US$ 24,99 – algo em torno de R$ 140,00, considerando-se a cotação (absurda) do Dólar atualmente.

Muitos profissionais da área da fotografia, aliás, chegam a afirmar que o Affinity Photo é uma excelente alternativa ao Adobe Lightroom, o qual faz parte, por exemplo, do pacote Fotografia da Adobe (R$ 43,00 por mês – R$ ‭516‬,00 por ano).

Para usufruir dos 3 meses gratuitos dos aplicativos da Affinity, basta preencher o formulário constante neste link, valendo também a pena lembrar que os softwares contam com versões para Mac e Windows.

Mas corra, pois para usufruir da promoção, a data limite para cadastro é 20 de Maio de 2020! Vale também lembrar que a marca Affinity pertence à Serif Europe Ltd.

A empresa é bastante conhecida mundo afora no que tange a softwares para design gráfico e edição de imagens e fotografias, vale lembrar.

E não se esqueça, caso você goste dos produtos, é possível adquiri-los com 50% de desconto. Bacana, não?