Em tempos de Coronavírus e, infelizmente, de isolamento social, nada melhor do que passar o tempo, quando possível, lendo um bom livro, não? Pois bem, a Primavera Editorial está disponibilizando, de graça, o livro “O livro dos negros”, do escritor e sociólogo canadense Lawrence Hill.

Lawrence Hill, aliás, é ele próprio descendente de africanos escravizados nos Estados Unidos. Seu “O livro dos negros” chegou a inspirar uma série que foi exibida em 2019 Rede Globo (Meu nome é liberdade).

No “O livro dos negros”, Hill conta a história de Aminata Diallo, jovem que foi sequestrada de sua tribo, na África, e vendida como escrava nos Estados Unidos, mais precisamente na Carolina do Sul.

Conseguindo escapar, porém, Aminata acaba lutando na Guerra de Independência, ao lado dos britânicos, justamente porque existia um caderno, chamado O livro dos negros, o qual permitia a quem tivesse seu nome nele escrito fugir para outra colônia britânica, mais precisamente para a região onde situa-se hoje o Canadá.

O livro dos negros

A Primavera Editorial está disponibilizando gratuitamente “O livro dos negros” na Amazon, no Google Play e no Apple Books.

Nosso intuito é tornar acessível uma obra muito relevante que, por meio de uma personagem forte, Aminata Diallo, conta a história de homens e mulheres que foram escravizados nos Estados Unidos“, disse Lu Magalhães, presidente da Primavera Editorial.

Confira abaixo um trecho da sinopse de “O livro dos negros”:

“O nome O Livro dos Negros se deu devido ao documento histórico, mantido por oficiais navais britânicos, ao fim da Revolução Americana. O documento oficializou os negros que serviram ao rei na Guerra e fugiram para Manhattan, no Canadá, em 1783.

Apenas os negros que estivessem no Livro dos Negros poderiam escapar e conseguir sua liberdade. Aminata Diallo percorre toda uma longa trajetória com a finalidade de conseguir entrar no livro dos negros e conquistar sua liberdade.

A obra, marcante e inesquecível, tornou-se uma miniserie de sucesso nos Estados Unidos. Dirigida e escrita por Clemente Virgo (The Wire) e protagonizada pela atriz Aunjanne Ellis e Cuba Gooding Jr., vencedor do Oscar em 1996”.

Atitude muito mais do que bacana, esta da Primavera Editorial. E lembre-se: o livro está disponível gratuitamente apenas em formato digital (ebook).