Quase todas as pessoas que conheço, desde amigos até familiares, possuem uma certa “fissura”por novos smartphones.

Há um certo encanto em tais dispositivos, sejam eles Android ou iOS. Celulares inteligentes, capazes de rodar jogos, aplicativos os mais diversos, e de nos manterem conectados quase que constantemente.

Quase tudo, no mundo dos smartphones, é interessante e instigante. Existem diversas fabricantes, diversas tecnologias estão envolvidas, temos diversos modelos, para todos os bolsos e gostos, e existem, também, diversos “segmentos”.

Temos, por exemplo, smartphones de entrada e smartphones intermediários, assim como temos os aparelhos mais top, mais “parrudos”, voltados aos usuários mais exigentes e dispostos a gastar um pouco mais.

Smartphone

A Black Friday está chegando, e muita gente já está de olho nos preços e nos anúncios de várias lojas, sejam elas online ou físicas. E segundo uma pesquisa realizada pela plataforma de comércio eletrônico Zoom, smartphones de entrada e intermediários serão os mais buscados nessa Black Friday:

Quem procura um smartphone intermediário para o uso focado em redes sociais e apps leves encontra boas opções até R$ 1.000, como o Galaxy A30 e o Redmi Note 8.

Já quem curte games e câmeras que entreguem melhores resultados deve ficar de olho em aparelhos como o Xiaomi MI 9 Lite e Motorola One Vision, que ficam numa faixa de preço não muito distante“, disse Thiago Soares, especialista de produto do Zoom.

Segundo o Zoom, em uma pesquisa realizada entre 7.038 pessoas, foi averiguado que quase metade delas (44%) pretende adquirir um novo smartphone durante a Black Friday.

A mesma pesquisa apontou que os smartphones de entrada e os intermediários serão os mais buscados durante o evento. 45% das pessoas entrevistadas revelou que pretende investir até R$ 1.000 em um novo aparelho, enquanto 34% pretende gastar entre R$ 1.000 e R$ 2.000 na compra de um novo celular.

A mesma pesquisa, vale também destacar, apontou que apenas 13% dos entrevistados tem em mente gastar entre R$ 2.000 e R$ 3.000 em um novo smartphone, enquanto apenas 8% tem intenção de gastar mais de R$ 3.000.

Ou seja, os modelos mais top não devem ser os mais buscados pelo público durante esta Black Friday.

E você, pretende adquirir um smartphone novo durante a Black Friday? Se sim, qual modelo, fabricante, etc?

Transparência: acima existem links de afiliados. Nada muda para você, os preços permanecem os mesmos, e o MarcosTadeu recebe uma pequena comissão.