Relicário da maldadeAdoro livros de terror, tais como, por exemplo, aqueles escritos por H.P. Lovecraft e Bram Stoker. Trata-se de um gênero bastante apropriado para uma noite chuvosa, em meio a relâmpagos e trovões retumbantes, para momentos em que estamos sozinhos em casa, para lermos antes de dormir (sim, eu tinha este costume), etc.

Bem, mas que tal conhecer um novo livro de terror, escrito por um autor brasileiro? Estou falando de Relicário da Maldade, livro escrito pelo publicitário Jefferson Sarmento e lançado pelo selo Transversal da Editora Oito e Meio.

Temos aqui uma obra bastante interessante, ambientada nos anos 80 e inspirada em “It”, “A Profecia” e “Os Mortos Vivos”. Uma obra que tem como protagonistas três garotos que acabam descobrindo um segredo sombrio, malévolo. Algo que deveria ter sido deixado onde estava, repousando, sem incomodar ninguém.

Relicário da Maldade narra as desventuras dos 3 garotos, após se depararem com um misterioso baú abandonado em um porão de uma antiga casa.

Uma casa na qual viveu uma senhora chamada Augusta Dummont, a qual havia trancafiado em seu porão, durante anos a fio, uma enorme quantidade de maldade.

Maldade esta que, infelizmente (ou felizmente, em nosso caso), acaba escapando e dando origem a vários acontecimentos sobrenaturais. Sumiço de corpos, vermes à solta e o próprio capiroto, veja só, são elementos que acabam se fazendo presentes na obra de Jefferson Sarmento.

Vale também a pena destacar referências aos anos 80 em Relicário da Maldade, como por exemplo aquelas ligadas a extraterrestres. Bacana, não?

Agora confira a sinopse oficial de Relicário da Maldade:

“E se houvesse um jeito de separar de uma pessoa a sua parte má, trancafiando seus vícios e maldades num baú de lembranças? E se eles escapassem de volta, todos de uma vez?

A senhora Augusta Dummont acabou falecendo aos setenta e oito anos. Simplesmente desabou sobre as pernas naquele fim de 1985. Deixou para trás seu velho sobrado e o respeito incondicional dos habitantes da pequena Cidade, mas também um segredo nefasto, guardado num baú de horrores escondido em seu porão.

Desavisados e curiosos, os três garotos da rua Dez acabam libertando toda a maldade que a velha havia trancafiado no cômodo secreto debaixo de sua casa, trazendo de volta do Relicário da Maldade o pior dos habitantes simplórios e caricatos do pequeno lugarejo.

Ambientado no meio dos anos de 1980, Relicário da maldade é uma homenagem aos livros, filmes, músicas e todo tipo de histórias fantásticas que moldaram a adolescência daquela década. Do frescor do rock nacional tocado nas rádios, gravados em fitas cassete quando o locutor parava de falar, às sessões de cinema com monstros pegajosos, alienígenas flutuando em bicicletas na frente da lua ou livros em que animais mortos reviviam ao serem enterrados em cemitérios indígenas”.

Ficha técnica:

Título: Relicário da maldade
Autor: Jefferson Sarmento
ISBN: 9788567009292
Editora: Oito e Meio
Altura: 21cm
Largura: 14cm
Preço: R$ 42,90